Novidades

Bolsa Família: Tire suas dúvidas sobre o benefício

por Flavia Rozinholli 14 de set de 2022

O Bolsa Família foi um dos mais simbólicos benefícios oferecidos pelo Governo Federal, sendo que o seu principal objetivo era proporcionar uma fonte de renda para diversas famílias brasileiras a fim de combater a miséria e a fome.

Anúncios



Em 2021, esse programa deixou de existir para dar lugar ao Auxílio Brasil, onde todos os participantes foram incluídos neste segundo benefício de forma automática, já que o propósito da iniciativa é basicamente o mesmo.

Hoje estima-se que mais de 20,2 milhões de pessoas já contam com o suporte do Auxílio Brasil, que abrange todo o território nacional. Se você quer conhecer melhor o programa, continue nos acompanhando.

História do Bolsa Família

O Bolsa Família surgiu em outubro de 2003 sob o formato de um programa que visa transferência de renda, sendo que todos os trâmites para a sua implementação foram executados pelo próprio Governo Lula.

A iniciativa consistia em fornecer uma ajuda financeira às famílias brasileiras classificadas em situação de pobreza ou extrema pobreza. O valor médio deste benefício era de R$176,00 mensais, que sofria alterações anualmente.

Anúncios



Em dado momento este foi considerado um dos mais importantes programas de combate à pobreza de todo o mundo, porém, o mesmo chegou ao fim no dia 29 de dezembro de 2021 com a criação do Auxílio Brasil.

O que é o Auxílio Brasil

O Auxílio Brasil acompanha exatamente a mesma proposta do Bolsa Família, ou seja, ele também visa a transferência indireta e direta de renda, voltada a famílias que se enquadram em situação de pobreza e extrema pobreza.

Além disso, a iniciativa ainda disponibiliza uma série de ferramentas que contribuem para a emancipação socioeconômica das famílias em situação de vulnerabilidade social, o que é algo muito positivo.

Atualmente há inclusive uma agenda de saúde do Auxílio Brasil no SUS, sendo que esta envolve a oferta de serviços para o acompanhamento do estado nutricional infantil e realização de pré-natal em gestantes amparadas pelo programa.

Anúncios



Porque o Bolsa Família virou Auxílio Brasil?

Essa é uma dúvida muito comum entre os cidadãos brasileiros, já que muitos acreditam que a mudança do Bolsa Família para o Auxílio Brasil envolve apenas uma “mudança de embalagem”.

Porém, o Auxílio Brasil foi criado com o objetivo de ser mais abrangente do que o programa anterior, já que ele interliga uma série de políticas públicas. Além disso, ele conseguiu atender um número maior de famílias brasileiras.

O objetivo principal desse programa social é ajudar as famílias a alcançarem uma maior qualidade de vida, assim será possível que cada indivíduo conquiste um maior protagonismo na sociedade atual.

Quem pode receber o benefício

Para que seja possível contar com o suporte do Auxilio Brasil, é necessário que os cidadãos interessados cumpram a certos pré-requisitos, sendo que estes também eram necessários no Bolsa Família. Veja quais são eles a seguir:

  • Pertencer a famílias em situação de pobreza;
  • Pertencer a famílias em situação de extrema pobreza;
  • Pertencer a famílias em regra de emancipação.

Vale mencionar aqui que as famílias em situação de pobreza são consideradas aquelas que apresentam uma renda familiar mensal per capita que varia entre R$105,01 e R$210,00, conforme mencionam as informações do próprio Governo Federal.

Já as famílias que se enquadram em situação de extrema pobreza são consideradas aquelas que apresentam uma renda familiar mensal per capita de até R$105,00, valendo mencionar que este público possui prioridade no recebimento.

Como receber

Diferente do Bolsa Família, o Auxílio Brasil é pago através de uma Poupança Social Digital aberta de forma automática pela Caixa Econômica Federal, em nome do Responsável Familiar inscrito no Cadastro Único.

Essa conta pode ser gerenciada facilmente através de um aplicativo gratuito chamado Caixa Tem, que ficou muito conhecido durante a pandemia, já que foi através deste canal que o Auxílio Emergencial foi disponibilizado.

Vale mencionar ainda que as pessoas aptas ao recebimento ainda podem optar por obter as parcelas através de conta corrente de depósito à vista, conta contábil ou conta especial de depósito à vista.

Benefícios incorporados pelo programa

O valor pago pelo Auxílio Brasil é outro diferencial em relação ao Bolsa Família, já que este é maior. As famílias recebem de acordo com a quantidade de benefícios que fazem parte da iniciativa, havendo algumas opções como:

  • Bolsa Iniciação Científica Júnior;
  • Esporte Escolar;
  • Inclusão Produtiva Rural;
  • Inclusão Produtiva Urbana;
  • Benefício Compensatório de Transição.

Se a sua família possui os critérios necessários para contar com o Auxílio Brasil, basta comparecer até o CRAS mais próximo para realizar o Cadastro Único. A partir deste será possível ser incluído no programa.

Flavia Rozinholli

Graduada em Medicina Veterinária, apaixonada por escrita, linguagem e comunicação. Experiência em marketing digital e em redação publicitária para conteúdos de diversos assuntos.