Novidades

Calendário do Auxílio Brasil: Veja como será o pagamento no mês de abril

por Flavia Rozinholli 29 de ago de 2022

O calendário do Auxílio Brasil já foi divulgado e nesta quinta-feira (31), a Caixa Econômica Federal realizou os últimos pagamentos do benefício para o mês de março, sendo que 18 milhões de famílias receberam um valor médio de R$409,00.

Anúncios



Nesse mês de abril, o pagamento terá início no dia 18 e todos os beneficiários devem se atentar para com as datas a fim de receber o valor devidamente. É importante destacar que os depósitos continuarão a ser feitos de acordo com o número final do NIS.

Ademais, foram divulgados novos limites de renda e outros bancos também foram autorizados a realizarem os pagamentos do Auxílio Brasil. A seguir você poderá acompanhar o calendário e saber mais sobre as novidades relacionadas ao benefício.

Calendário do Auxílio Brasil para abril

O Auxílio Brasil foi instituído em novembro de 2021 a fim de substituir o Bolsa Família, sendo que a principal diferença entre estes programas é que o Auxílio Brasil fornece parcelas de valor mais elevado. Veja abaixo como será o calendário do Auxílio Brasil para abril:

  • NIS final 1 irá receber no dia 14 de abril;
  • NIS final 2 irá receber no dia 18 de abril;
  • NIS final 3 irá receber no dia 19 de abril;
  • NIS final 4 irá receber no dia 20 de abril;
  • NIS final 5 irá receber no dia 22 de abril;
  • NIS final 6 irá receber no dia 25 de abril;
  • NIS final 7 irá receber no dia 26 de abril;
  • NIS final 8 irá receber no dia 27 de abril;
  • NIS final 9 irá receber no dia 28 de abril;
  • NIS final 0 irá receber no dia 29 de abril.

É importante salientar que para receber o benefício os interessados devem manter o seu cadastro atualizado no Cadastro Único (CadÚnico) e ser classificado como família em situação de pobreza ou extrema pobreza.

Anúncios



Mudanças no Auxílio Brasil

Nesta última terça-feira um decreto foi assinado e ele prevê algumas mudanças específicas sobre o Auxílio Brasil. Uma delas diz respeito à alteração das faixas de rendas exigidas para ser incluído ou mantido no programa.

Previamente, as famílias classificadas como extrema pobreza podiam ter uma renda per capita de até R$100,00 enquanto a faixa de pobreza era para renda familiar per capita de no máximo R$200,00.

Estes dados sofreram uma alteração breve, e foram mudados para R$105,00 e R$210,00 respectivamente. No entanto, o próprio Ministério da Cidadania já estava considerando estes novos valores estabelecidos devidamente após a assinatura oficial do decreto.

Outras novidades

A Bolsa Iniciação Científica é um dos benefícios que também fazem parte do Auxílio Brasil e agora novos critérios de desempate para a concessão desta foram determinados, a fim de selecionar um público mais específico.

Anúncios



O primeiro critério é a renda per capita e o segundo é o número de integrantes presentes na família com idade inferior a 18 anos. Outra novidade é que aqueles que receberam o benefício irregularmente deverão fazer a devolução do valor.


Por fim, houve uma autorização para que outras instituições financeiras possam realizar o pagamento do benefício, já que desde o início do programa, os valores foram pagos através do calendário do Auxílio Brasil pela Caixa.

Flavia Rozinholli

Graduada em Medicina Veterinária, apaixonada por escrita, linguagem e comunicação. Experiência em marketing digital e em redação publicitária para conteúdos de diversos assuntos.